dicas-para-criar-animais-diferentes-especies

5 dicas para criar animais de diferentes espécies

Novidades Comments (0)

Há pessoas que são apaixonadas pelos cães e outras pelos gatos. Mas, os verdadeiros amantes dos animais não fazem distinção e são encantadas com todas as criaturas. Criar diferentes espécies em casa é ter o melhor de todos os mundos. É poder contar com o afago de um cachorro e com o charme de um gato.

Se você é apaixonado pelos animais é provável que já tenha pensado em ter diferentes espécies sob o mesmo teto. Contudo, ainda existem muitos mitos em relação à esta ideia. Afinal, qual será o segredo para manter uma relação pacífica entre este o cachorro e gato na mesma casa? Descubra agora neste post especial sobre o tema!

#1. Esqueça os mitos

Existe uma ‘lenda urbana’ de que cachorro e gato não podem ser amigos. De fato, eles são criaturas de diferentes espécies, mas isso não significa rivalidade ou uma convivência impossível.

Muito pelo contrário, se ao conhecer o novo colega pode haver um certo de tipo de estranhamento – o que é muito natural –  com o tempo pode significar uma longa e verdadeira amizade.

 

#2. Prepare a casa para a chegada

A chegada de um novo membro para a família requer preparo. Com os animais não é diferente. Se você já tem um cachorro ou gato e quer um novo pet na sua casa, de uma espécie diferente, é preciso organizar a casa para a sua chegada.

Lembre-se que os animais domésticos têm os territórios marcados e isso pode ser diferente para cada um deles. Entenda mais:

  • Quando o gato já está na casa: Os gatos gostam de se esconder e quando chega um novo elemento, essa é a sua reação natural. Por isso, é fundamental garantir ao bichano espaços para que ele possa se esconder, se familiarizar com o cachorro e aos poucos se acostumar com a convivência.
  • Quando o cachorro já está na casa: O olfato é o principal sentido canino. É através dele que estas criaturas sabem se há novos seres na casa e se há qualquer tipo de perigo para o seu território. Deixe que o seu cão se acostume ao cheiro do gato e tenha paciência para esta etapa de adaptação.

#3. Ter paciência: o segredo para criar diferentes espécies

Cachorros e gatos têm tempos e características diferentes. Você como dono precisa ter toda a paciência necessária para garantir que os dois se transformem em grandes amigos.

Se desde o início você deixa bem claro que está ali e consegue dar atenção suficiente para os dois, sem dúvida vai conseguir ter um ambiente harmonioso entre todos os pets.

 

#4. Cuidados necessários

A saúde dos seus animais deve estar sempre em primeiro lugar. Ter diferentes espécie significa atenção redobrada. Cada pet tem que ter o seu espaço para se alimentar e para o xixi e o coco, pois, o contato tanto de um cachorro quanto do gato pode resultar em algumas doenças.

Para garantir a saúde e bem-estar de todos os seus animais, não deixe de consultar o seu veterinário e siga todas as indicações do profissional.


E então, já está preparado para criar diferentes espécies em sua casa? Conte para gente! E descubra outros posts da Foxvet e aprenda ainda mais sobre os cuidados com o seu animal de estimação!

Pin It

» Novidades » 5 dicas para criar animais...
Em 12 de dezembro de 2017
By

« »