missao levar o gato no vet blog

Missão: Levar o gato no veterinário

Cuidados Comments (0)

Os gatos são animais rotineiros e não sociáveis, por isso se sentem desconfortáveis em situações novas e podem reagir a isso se mostrando ariscos, agressivos ou até mesmo ficando paralisados (freeze). Mas todos os donos de felinos devem ser responsáveis pelos seus cuidados e enfrentar essa missão: levar o gato no veterinário.

É um desafio grande, pois ao tirar o pet de sua rotina e colocá-lo na caixinha de transporte, há o estresse do animal e a angústia da família ao vivenciar a situação. Mas pelo próprio instinto de sobrevivência dos felinos, eles demonstram menos uma situação de doença, pois na natureza um animal doente é um animal vulnerável e se torna uma presa mais fácil, então eles disfarçam os sintomas dificultando nossa interpretação, nossa “leitura” sobre sua real condição de saúde. Por esse motivo a FOXVET recomenda levar o felino para uma consulta de rotina uma vez ao ano, além da data de vacinação e nas situações aonde apresentem sintomas perceptíveis ou alterações de comportamento.

Por isso é muito importante seguir algumas dicas para que esse momento seja menos estressante e que se sintam confortáveis:

 

Transporte

Os gatos devem ser sempre transportados em caixas de transporte específicas. Isso evita acidentes e fugas, reduz o stress e transmite mais segurança a eles. As caixas de transporte devem ser do tipo ovo (aquela que sai a parte de cima, deixando só a base com ele dentro). Ela vai ser muito importante na hora do atendimento clínico para os felinos mais temerosos e menos sociáveis, 15 minutos antes de colocar o gato na caixa borrife Feliway spray dentro da caixa de transporte, mas atenção, 15 minutos antes !!, não faça isso no momento de colocá-lo na caixa, isso vai ajudar a minimizar o estres do transporte.

Leve também algum item familiar, ou seja, coloque uma peça sua de roupa ou brinquedos, dessa forma o felino vai se sentir mais confortável. Carregue a caixa com cuidado, sem muito balanço e evite bater a caixa na parede, objetos ou nas suas pernas. No carro, coloque a caixa no banco e prenda com o sinto de segurança ou preso nos pés do passageiro.

Cobrir a caixa transportadora com um pano também é interessante, isso faz com que o gato fique mais calmo e se sinta mais seguro.

 

Alimentação

Evite alimentar o gato antes de levar ao veterinário para não acarretar enjoos e vômitos durante o transporte e a consulta.

 

Clínica Veterinária

Quando chegar na clínica nunca coloque a caixa de transporte no chão, situação que gera tensão, principalmente se for uma clínica com atendimento compartilhado com cães, e mantenha a caixa coberta até o momento da consulta. Fale com seu gatinho utilizando voz tranquila e suave, o que vai deixar seu pet mais tranquilo.

O ideal é procurar uma clínica veterinária que possua um espaço separado para felinos como é o caso da FOXVET. Isso evita que tenha contato com outros animais, principalmente os cães. Tudo isso, pensando no bem-estar e conforto deles.

O atendimento de uma clínica especializada como a FOXVET, é o ideal para que seu pet entre na consulta com mais segurança e tranquilidade.

 

Atendimento clínico

No atendimento é fundamental que se respeite a personalidade individual de cada gato assim como as particularidades da espécie. Um atendimento tranquilo, com funcionários e veterinários especializados no atendimento em felinos fazem toda a diferença para o animal e para o sucesso da avaliação.

É essencial acostumar o pet a visitar o veterinário desde cedo. Dessa forma, toda consulta será menos estressante pois será mais familiar.

Mantenha a saúde do seu gatinho sempre em dia!

Pin It

» Cuidados » Missão: Levar o gato no...
Em 25 de setembro de 2019
By
, , , , , , , , , ,

« »