Gestação felina – Confira nossas dicas e cuidados

Cuidados, Novidades Comments (0)

A gestação é um momento especial para uma gata, porém, é um período em que a futura mamãe fica vulnerável, com comportamentos alterados, e por isso precisa seguir alguns cuidados especiais para preservar sua saúde e para garantir o bem-estar dos filhotinhos que estão chegando.

Como saber se a gata está prenha?

O primeiro passo é saber detectar se a gata está prenha. A gestação dura em média 63 dias, e a partir do 30º dia já é possível saber se tem filhotes a caminho. O comportamento poderá se alterar um pouco. Observe os mamilos, que ficarão mais rosados e sensíveis, o aumento de peso será nítido, o apetite ficará maior e o volume da barriga ficará cada vez mais evidente com o passar dos dias. Vômitos são frequentes nesse período.
Ao observar algum desses sinais, leve-a para uma consulta, assim o veterinário poderá dar um diagnóstico.

Cuidados durante a gestação felina

É um período delicado para a futura mamãe, que exige cuidados especiais. É um momento em que a gata precisa de bastante energia, conforto e proteção.

Ofereça rações de qualidade, ricas em nutrientes. É recomendado oferecer ração para filhotes, que contém mais cálcio, para manter a gata e os filhotes fortes e saudáveis.

A felina precisa de muito conforto para descansar, principalmente durante os momentos de enjôo devido a gravidez. Portanto, deixe uma caminha com panos e cobertas limpas para que ela possa se acomodar confortavelmente.

Se sua gata é daquelas que adora os passeios pela vizinhança, é o momento de evitar que ela saia de casa para se aventurar pelas ruas. Durante a gestação, ela fica mais suscetível a sofrer algum acidente ou queda, sem contar o risco de contrair doenças, então, proteja sua gata e evite que ela saia durante a gestação.

Leve-a para realizar exames de Raio-X e ultrassom para fazer o acompanhamento da saúde da mãe e dos filhotes. Com esses exames é possível saber quantos bebês vem por aí e se a saúde deles está boa.

Parto felino

As gatas são independentes e não precisam da ajuda dos tutores para realizar o parto, porém, é recomendado que o tutor acompanhe o parto de longe, mantendo a privacidade do pet.

Separe um quarto isolado, com pouca luz e silencioso, prepare uma caixa ou um cantinho com panos limpos e deixe que sua gata faça o resto.

Depois do parto, cuide para que a mamãe e os bebês fiquem confortáveis, bem alimentados e em segurança.

Pin It

» Cuidados, Novidades » Gestação felina – Confira nossas...
Em
By

« »