Blog--Atenção Seu cachorro pode estar estressando devido a quarentena

Atenção! Seu cachorro pode estar estressado devido a quarentena

Cuidados Comments (0)

A crise mundial ocasionada pelo Coronavírus que nos forçou a viver em quarentena por alguns meses, ainda está afetando a vida de todos, no trabalho, na vida social, nossa rotina mudou drasticamente de um dia para o outro. Porém, engana-se quem pensa que a quarentena afetou apenas a vida das pessoas, os nossos cachorros também estão sofrendo e ficando estressados com essa crise.

Todos sabem que os cachorros adoram passear, e como a principal recomendação é ficar em casa e evitar aglomerações, os passeios com nossos amigos ficaram restritos, exceto para fazer as necessidades, quando o peludinho não faz dentro de casa.

Aqueles passeios longos para gastar energia, explorar, brincar e se divertir estão restritos e isso tem aumentado muito a ansiedade dos cachorros.

Além da falta de passeios, nossos pets sentem a mudança de rotina em casa, sentem a ansiedade e nervosismo das pessoas em casa e ficam estressados, abatidos, com o comportamento alterado e até mesmo podem entrar em depressão. Portanto, fique atento ao comportamento de seu pet.

 

Sintomas de que seu cachorro está estressado

Os cachorros conseguem se comunicar conosco através da linguagem corporal, eles conseguem demonstrar fisicamente e no comportamento todos os sinais de que algo não está certo.

Saber identificar esses sinais é importante para que possamos perceber o que está acontecendo com nosso amigo e poder cuidar bem de sua saúde e bem-estar.

Quando seu amigo de quatro patas demonstrar sinais comportamentais como hiperatividade, choramingo, respiração alterada e ofegante mesmo em repouso, tremedeiras, latidos excessivos, lamber as patas compulsivamente, alterações no apetite, busca exagerada por atenção, entre outras mudanças de comportamentos são sinais de estresse.

Além do comportamento, também há sinais físicos como olhar distante, pupilas dilatadas, piscadas constantes, movimentos incomuns nas orelhas, lambendo o focinho exageradamente, bocejos constantes, testa franzida, cabeça baixa e virada para o lado, cauda entre as pernas, entre outros, são sinais físicos que seu filhote está sofrendo de estresse e isso pode afetar a saúde dele.

 

Como tranquilizar o cachorro durante a quarentena

O segredo é distrair seu pet usando brinquedos e fazendo brincadeiras. Brincar fará com que seu cão gaste energia, se distraia e fique com a mente mais calma. Portanto, é importante que você separe um tempo durante o dia para brincar junto com seu amigo.

O contato físico também irá ajudar seu pet a ficar mais calmo, carinho e massagem fará com que ele fique relaxado. Coloque uma música calma, e escove seu amigo de estimação, fale com ele durante esses momentos de brincadeiras e carinho.

Brincadeiras, carinho e atenção podem parecer situações muito simples para uma pessoa, porém, para um cachorro são atitudes importantes que demonstram amor pelo seu pet, fazendo com que ele se sinta seguro, relaxado e feliz.

Cuide bem da alimentação de seu pet, a alimentação saudável é fundamental para evitar alguns problemas físicos causados pelo estresse. Distribua petiscos pela casa para que ele faça uma caçada ao tesouro, sendo recompensado com um petisco, isso irá distraí-lo por mais tempo, mesmo quando ninguém consegue lhe dar atenção.

 

Como dito os cachorros se comunicam através da linguagem corporal, então, fique atento aos sinais que mencionamos para saber se seu amiguinho de quatro patas está estressado e faça de tudo para que ele passe por esse período de quarentena com saúde, tranquilo e feliz.

Pin It

» Cuidados » Atenção! Seu cachorro pode estar...
Em 2 de julho de 2020
By
, , , , , , , , ,

« »