Diabetes – A doença que também afeta nossos pets

Cuidados Comments (0)

Sabemos que a diabetes afeta muitas pessoas em todo o mundo, principalmente aquelas que não possuem uma alimentação regrada e acabam exagerando em certos tipos de alimentos que podem causar danos à saúde.

Porém, poucos sabem que a diabetes pode afetar os nossos pets. Infelizmente, diversas doenças que afetam os humanos, também afetam os animais, muitas vezes por culpa dos próprios tutores que não cuidam bem da alimentação e das atividades físicas de seus amigos de estimação. Entretanto, mesmo os pets que possuem um estilo de vida e alimentação saudável podem desenvolver essa doença.

O que é a diabetes?

É uma doença decorrente de alterações no pâncreas. Existem diversos fatores que podem causar a manifestação da diabetes. Entre os fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da doença estão:

• Obesidade;
• Gordura no sangue (hiperglicemia);
• Doenças hormonais como hipertireoidismo e hipotireoidismo;
• Abuso de medicamentos como corticoides;
• Pré-disposição genética.

Como identificar a diabetes nos pets?

Tanto cães como gatos apresentam sintomas comuns, como excesso de sede, aumento das vezes que urina, perda de peso e aumento do apetite.

É muito importante observar esses sintomas! Caso haja algum desses comportamentos é necessário levar seu pet o mais rápido possível para uma consulta ao médico veterinário.

O que fazer quando o pet é diagnosticado com diabetes?

É uma doença que não possui cura, porém, existe o tratamento adequado que permite que seu pet tenha uma vida normal. O tratamento é feito através da insulinoterapia, que é a aplicação da insulina. No mercado, existe a insulina veterinária, ideal para cada tipo de animal, seja cão ou gato de qualquer raça ou tamanho. A insulina é desenvolvida baseada na necessidade de cada pet.

O próprio tutor pode aplicar em casa, pois a aplicação é muito simples. O veterinário irá passar todas as orientações para que a administração do medicamento seja correta, garantindo a boa saúde do pet.

Prevenção

A prevenção continua sendo o melhor remédio. É importante garantir que o animal de estimação tenha uma alimentação saudável e que ele seja ativo fisicamente, que faça atividades físicas diariamente como passeios, brincadeiras, etc. O tutor deve oferecer toda a estrutura necessária para que o pet possa ser ativo, isso irá diminuir significativamente as chances dele desenvolver a diabetes.

O check – up é fundamental para a prevenção. Com exames de rotina, o veterinário é capaz de identificar quais são os riscos do pet desenvolver a doença e prescrever quais serão os cuidados para que ele não fique doente.

Cuidar da saúde de nossos melhores amigos é nossa obrigação e devemos garantir que eles tenham uma vida saudável e longa.

Pin It

» Cuidados » Diabetes – A doença que...
Em
By
, , , , , , , , , , , , ,

« »