Entenda por que o US de abdômen é um exame fundamental no diagnóstico das doenças de próstata, principalmente na hiperplasia de prostática.

Cuidados Comments (0)

A hiperplasia de próstata benigna (HPB) é uma doença que afeta principalmente os cães não castrados acima dos 5 anos de idade. Essa doença pode acometer os gatos, porém é menos comum. Ao contrário dos humanos, raramente ela se desenvolve para um tumor maligno, mas podem trazer graves consequências caso não seja descoberta no início.
Portanto, seu diagnóstico precoce é muito importante para o bem estar dos pets.

O que é Hiperplasia Prostática?
A hiperplasia prostática é uma doença caracterizada pelo aumento da próstata dos pets e costuma a aparecer em cães com mais 5 anos na maioria não castrados ou em cães idosos.
Alguns sintomas podem ser percebidos pelos próprios tutores, como:
•Dificuldade para urinar e defecar;
• Fezes achatadas (“em fita”)
•Dificuldade de sustentação sobre as patas traseiras;
•Infecção urinária;
• Sangue na urina
•Infecção generalizada devido ao acúmulo de líquido interno em estágios avançados.
É fundamental não deixar a doença chegar ao estágio avançado, apesar do baixo risco da hiperplasia prostática se tornar um tumor maligno, as complicações causadas pela doença podem causar muito desconforto e até levar o seu pet a óbito.
O diagnóstico precoce da doença é essencial para a boa saúde e qualidade de vida de seu amigo de estimação.

US de abdômen para diagnóstico de Hiperplasia Prostática
A ultrassonografia veterinária abdominal é o exame mais recomendado e eficiente para o diagnóstico mais preciso da doença.
O US de abdômen é fundamental pois permite uma avaliação detalhada do tamanho e da morfologia prostática. É um exame altamente sensível, capaz de analisar com precisão a próstata e detectar qualquer anomalia presente no órgão.
•A ultrassonografia em modo B (preto e branco) permite visualizar as alterações nas glândulas parênquimas, presença de cistos e o tamanho da próstata.
•A ultrassonografia em modo Doppler (colorida) é fundamental para analisar as alterações na vascularização da artéria prostática.
Não é um exame invasivo, ou seja, não causa dor e nem desconforto e não há necessidade de anestesia.

Por ser um exame completo e preciso, é o mais recomendado pelos médicos veterinários para que a doença seja descoberta logo no início.

 

A castração ainda é a maior prevenção dessa doença, para cães e gatos não castrados acima de 5 anos de idade é muito importante realizar o US de abdômen periodicamente para detectar precocemente o surgimento da doença e tratar com mais precisão.
Cuidar bem da saúde de seu amigo de estimação é demonstrar todo o amor que você sente por ele!

Pin It

» Cuidados » Entenda por que o US...
Em
By
, , , , , , , , , , ,

« »