3 situações que comprovam que os pets fazem bem para a saúde

Novidades Comments (0)

Você já notou como é bom chegar do trabalho e encontrar o seu pet esperando por você com todo amor e carinho? Este tipo de situação faz uma grande diferença no estado emocional de qualquer indivíduo que tenha tido um dia corrido e estressante no trabalho, não é mesmo? E se depender do Snoopy, o Charlie Brown vai ter uma vida longa e saudável (risos).

A verdade é que, vários cientistas de diversas áreas já provaram que, além de proporcionar uma vida mais longa, ter um cachorro também traz saúde. Confira, no post de hoje, três situações que comprovam que os pets fazem bem para a saúde:

1.Pets no ambiente de trabalho são uma arma contra o estresse

Segundo uma pesquisa recente realizada pela Universidade Virginia Commonwealth, nos Estados Unidos, os cães não só amenizam fatores estressantes, como tornam o trabalho mais satisfatório para os funcionários humanos.

Outro estudo realizado pela equipe do Banfield Pet Hospital, também nos EUA, mostrou que ter de um cão ou gato nas corporações melhora diversos outros aspectos do cotidiano dos colaboradores, como a moral dos funcionários, equilíbrio entre vida pessoal e profissional, relações profissionais e a capacidade de trabalhar mais horas.

No Brasil, algumas empresas já adotaram os pets como amigos, como, por exemplo, o VivaReal, portal de anúncios imobiliários, que abriu as portas para o mundo canino e adotou sua própria mascotinha.

2.Pets fazem bem para a saúde dos idosos

Estudiosos da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluíram em recente pesquisa que a presença dos cães faz um bem incomum para a saúde de pessoas na terceira idade.

 

Durante a realização do estudo, os cientistas comprovaram que as pessoas da terceira idade que conviviam todos os dias com cachorros, apresentaram suas pressões arteriais com níveis muito mais equilibrados, se comparados aos idosos que não tinham o convívio diário com os pets.  

O resultado da pesquisa indica que a presença contagiante dos cães diminui, consequentemente, as possibilidades do surgimento de problemas cardiovasculares como, o infarto, por exemplo.

 

No estudo, a pressão arterial mais baixa dos idosos que convivem com os cães vem sendo justificada pelas seguintes razões: combate à solidão, menores índices de ansiedade, depressão e estresse.

3. A presença de pets ajuda a superar o luto

 

Depois de perder um voo, passar uma situação estressante no aeroporto e só se acalmar após de ver um cachorro na companhia de sua dona, o norte-americano Matthew Fiorillo, de 45 anos, teve uma excelente ideia. Fiorillo colocou um cão na sua funerária “Ballard-Durand Funeral & Cremation Services”, como uma opção de conforto e “terapia” para seus clientes.

 

O dono da funerária disse ao site de notícias “Today”, que uma onda de calmaria tomou conta dele e ele pensou: “nossa, isso é realmente muito poderoso”. Ele disse que realizou pesquisas sobre os benefícios de ter um cachorro por perto e maneiras de implementar a ideia na funerária”. Por isto, em maio de 2015, Matthew colocou a carinhosa cadela da raça goldendoodle, chamada Lulu, como um novo funcionário em seu negócio e garante que o animal faz bem aos clientes.

 

Prova disso, foi o que Chelsea Sules, de 26 anos, disse. “Pensei que nunca mais sorriria após a morte de meu irmão Stephen”. Porém, quando Lulu chegou perto dela, ela começou a rir e se sentiu confortada. “Entramos na funerária e Lulu veio correndo em direção a mim e minha irmã. Começamos a rir e ela nos acalmou”, destacou.

 

Se você também já pensou em adotar um pet para ter mais alegria em seus dias, pense com bastante carinho sobre o assunto e tenha muita consciência neste ato. A adoção responsável é fundamental!


E então, o que você achou destas histórias? Conte para a gente através dos comentários!

Pin It

» Novidades » 3 situações que comprovam que...
Em
By
,

« »